O que fazer em Praga em 2 dias: roteiro completo da cidade

Se você está planejando uma viagem para Praga e tem apenas dois dias para explorar a cidade, não se preocupe! Com um roteiro bem planejado, é possível aproveitar ao máximo tudo o que essa cidade encantadora tem a oferecer. Praga, a capital da República Checa, é famosa por sua arquitetura deslumbrante, cervejas deliciosas e história rica. Neste artigo, apresentaremos um roteiro completo de dois dias para que você possa conhecer as principais atrações de Praga sem perder nada. Prepare-se para se encantar com o charme desta cidade magnífica!

Dia 1:

No primeiro dia, comece sua jornada explorando o centro histórico de Praga, conhecido como a Cidade Velha. Comece pela Praça da Cidade Velha, onde você encontrará a famosa Torre do Relógio Astronômico. Não deixe de assistir ao espetáculo das figuras em movimento que acontece a cada hora em ponto. De lá, siga para a Igreja de Nossa Senhora de Týn, um exemplo notável da arquitetura gótica.

Continuando sua caminhada, você chegará à Ponte Carlos, uma das atrações mais icônicas de Praga. Aproveite para tirar fotos deslumbrantes da cidade e apreciar as estátuas que adornam a ponte. Ao atravessar a ponte, você chegará ao Bairro do Castelo, onde está localizado o Castelo de Praga. Este é o maior castelo antigo do mundo e um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Explore as várias atrações dentro do castelo, como a Catedral de São Vito e o Palácio Real.

Dia 2:

No segundo dia, sugerimos explorar o Bairro Judeu de Praga, também conhecido como Josefov. Comece visitando o Museu Judeu de Praga, que abriga uma coleção impressionante de arte e artefatos judaicos. Em seguida, visite a Sinagoga Espanhola, uma das mais antigas sinagogas da Europa.

Após explorar o Bairro Judeu, siga para o Bairro de Malá Strana, também conhecido como o Bairro Pequeno. Este bairro encantador é repleto de ruas estreitas e casas coloridas. Não deixe de visitar a Igreja de São Nicolau, um exemplo impressionante da arquitetura barroca.

Termine seu segundo dia em Praga com uma visita ao famoso Café Slavia, onde você pode desfrutar de uma xícara de café enquanto aprecia a vista panorâmica da cidade.

Com este roteiro completo de dois dias, você poderá conhecer as principais atrações de Praga e vivenciar toda a sua beleza e história. Aproveite ao máximo sua estadia nesta cidade encantadora!

O que não se deve deixar de fazer em Praga?

Praga é uma cidade cheia de história e cultura, e há muitas coisas que não se deve deixar de fazer ao visitar este destino encantador. Uma das principais atrações é a praça da cidade antiga, onde se pode admirar belos edifícios históricos, como a igreja de Nossa Senhora de Týn e o relógio astronômico. Além disso, não deixe de visitar o busto de Franz Kafka, um dos escritores mais famosos da República Tcheca, localizado perto da praça da cidade antiga.

Outro ponto turístico imperdível é o Museu do Comunismo, que oferece uma visão detalhada da história do regime comunista na República Tcheca. Além disso, não deixe de conferir a escultura de David Cerny na entrada do museu Kafka, uma obra de arte intrigante que representa duas figuras urinando.

A Torre da Pólvora também é uma parada obrigatória, oferecendo uma vista panorâmica deslumbrante da cidade. Não deixe de visitar a sinagoga velha-nova, a mais antiga da Europa, que possui uma arquitetura impressionante e um rico patrimônio histórico. E se você estiver em busca de vistas deslumbrantes, suba a Torre Petrin para apreciar uma vista deslumbrante de Praga.

Quantos dias em Praga são ideais?

Quantos dias em Praga são ideais?

Três dias é o tempo ideal para aproveitar os principais pontos turísticos de Praga. Durante esse período, você terá a oportunidade de explorar o centro histórico da cidade, conhecido como Cidade Velha, onde poderá visitar a famosa Ponte Carlos, a Praça da Cidade Velha com seu Relógio Astronômico e a Catedral de São Vito. Além disso, você também poderá conhecer o Castelo de Praga, que é um dos maiores castelos do mundo e abriga diversas atrações, como a Catedral de São Vito, o Palácio Real e a Rua do Ouro.

Uma vez que você tenha explorado a Cidade Velha e o Castelo de Praga, vale a pena dedicar um dia para visitar o bairro de Mala Strana, que fica ao lado do Castelo. Lá, você encontrará belos palácios, igrejas e jardins, como o Jardim Vrtba, que oferece uma vista panorâmica incrível da cidade. Além disso, não deixe de visitar a famosa Ponte Carlos ao amanhecer ou ao anoitecer, quando ela está mais tranquila e oferece uma atmosfera encantadora.

Se você tiver mais tempo, pode considerar estender sua estadia em Praga por mais alguns dias. Durante esse período extra, você poderá explorar outros bairros menos turísticos, como Vinohrady e Žižkov, onde encontrará uma atmosfera mais autêntica e locais frequentados pelos moradores locais. Além disso, também é possível fazer um bate-volta para cidades próximas, como Kutná Hora, com sua famosa Capela dos Ossos, ou Český Krumlov, uma cidade medieval encantadora. Praga também oferece uma vida noturna vibrante, com uma grande variedade de bares e clubes para aproveitar.

Qual é a melhor época do ano para ir a Praga?

Qual é a melhor época do ano para ir a Praga?

A primavera é considerada a melhor época do ano para visitar Praga, na República Tcheca. Durante essa estação, que vai do início de abril a meados de maio, as temperaturas são amenas, variando entre 10°C e 20°C. Além disso, as cidades não costumam estar tão cheias de turistas, o que garante uma experiência mais tranquila e agradável. Durante a primavera, você poderá desfrutar dos belos parques e jardins de Praga, que ficam repletos de flores coloridas. A cidade ganha um ar romântico e encantador, perfeito para passear pelas ruas históricas e admirar a arquitetura medieval. É também uma época ideal para visitar o famoso Castelo de Praga, que oferece vistas deslumbrantes da cidade. Além disso, os preços costumam ser mais acessíveis nessa época, tanto para hospedagem quanto para passeios e refeições.

Outra boa opção para visitar Praga é no outono, que vai do final de setembro a meados de novembro. Nessa época, as temperaturas também são amenas, variando entre 10°C e 15°C, o que torna a visita muito agradável. Além disso, as cidades estão menos lotadas de turistas, o que permite aproveitar melhor as atrações e evitar filas e aglomerações. Durante o outono, você poderá apreciar as belas cores das folhas das árvores, especialmente nos parques e jardins de Praga. É uma época ideal para caminhar pelas ruas da cidade, explorar os bairros históricos e visitar os museus e galerias de arte. Os preços também tendem a ser mais acessíveis nessa época, o que pode ser vantajoso para quem procura economizar na viagem.

O que devo saber antes de ir a Praga?

O que devo saber antes de ir a Praga?

Antes de viajar para Praga, é importante estar ciente de algumas informações básicas que podem ajudar a tornar a sua experiência na cidade ainda mais agradável.

Em relação ao clima, é bom saber que as temperaturas durante o verão europeu podem variar entre 13°C e 30°C. Portanto, é recomendável levar roupas leves e adequadas para o clima quente, além de protetor solar e chapéu para se proteger do sol.

O idioma oficial em Praga é o tcheco, que faz parte do grupo de línguas eslavas. No entanto, a maioria dos moradores locais também fala inglês, especialmente em áreas turísticas. Ainda assim, é útil aprender algumas palavras básicas em tcheco, como “olá” (dobrý den), “obrigado” (děkuji) e “por favor” (prosím).

Em relação ao fuso horário, Praga está no horário da Europa Central, que é uma hora à frente do fuso horário de Greenwich (GMT+1). Portanto, é importante ajustar seus relógios e planejar suas atividades de acordo com esse fuso horário.

No que diz respeito a vistos, se você é cidadão brasileiro, não é necessário obter um visto para viagens de turismo de até 90 dias dentro de um período de 180 dias. No entanto, é importante ter um passaporte válido por pelo menos seis meses a partir da data de entrada em Praga.

A moeda oficial em Praga é a coroa tcheca (CZK). Embora o euro seja amplamente aceito em algumas áreas turísticas, é recomendável ter a moeda local para facilitar as transações em estabelecimentos menores. É possível trocar dinheiro em bancos e casas de câmbio na cidade.

Em relação a gorjetas, é comum deixar uma gratificação de 10% a 15% do valor total da conta em restaurantes, bares e cafés. No entanto, verifique sempre se a taxa de serviço já está incluída na conta antes de decidir dar uma gorjeta adicional.

Por fim, é importante estar ciente dos horários de funcionamento das lojas, restaurantes e atrações em Praga. A maioria dos estabelecimentos abre durante a semana, das 10h às 18h, e aos sábados, das 10h às 13h. No entanto, alguns locais podem ter horários diferentes, especialmente em áreas turísticas, onde há maior movimentação durante a noite.

Portanto, antes de viajar para Praga, é recomendável estar ciente dessas informações básicas para garantir uma viagem tranquila e aproveitar ao máximo tudo o que a cidade tem a oferecer.